Massagem Infantil – UCC Vila Verde

As Neurociências revelam evidências científicas exaltantes e hoje não só sabemos que todos os bebés nascem ligados por sentimentos, como percebemos que o ambiente dos primeiros tempos de vida é radicalmente importante para o seu desenvolvimento intelectual, emocional, psicológico, físico e até artístico. Note-se que não se trata apenas de conforto no sentido de os alimentar, lavar, vestir e pôr a dormir, mas acima de tudo da qualidade do colo e da natureza dos laços afetivos de quem cuida deles nos primeiros tempos.

Tudo o que acontece nos primeiros meses e anos de vida importa e marca para sempre, dizem os neurocientistas, os pediatras e os comportamentalistas especializados em desenvolvimento humano – Laurinda Alves

A UCC de Vila Verde abre a possibilidade de frequentar cursos de Massagem Infantil, a todas as mães/pais que frequentarem os Cursos de Preparação para o Nascimento, aos que são referenciados pelas Unidades de Saúde Familiares e mesmo aqueles que procurem este serviço de forma autónoma.

Os cursos têm a duração de quatro semanas, uma vez por semana e normalmente faz-se coincidir com o curso de Recuperação Pós-Parto, aproveitando assim o momento da deslocação ao centro de Saúde, da mãe e do bebé.

O curso de Massagem Infantil é ministrado por enfermeira de Saúde Materna e Obstétrica e instrutora de Massagem Infantil pela Associação Portuguesa de Massagem Infantil.

A Massagem do Bebé é um conjunto de técnicas que privilegia o toque e que reforça a importância do vínculo nos primeiros meses de vida do bebé. As vantagens são muitas, de acordo com estudos e investigações decorridas até aos dias de hoje.

A massagem permite a estimulação de: sistema circulatório, sistema digestivo, sistema hormonal, sistema imunitário, sistema linfático, sistema nervoso, sistema respiratório, sistema vestibular (coordenação e balanço), desenvolvimento da linguagem, melhoria das capacidades de aprendizagem, desenvolvimento muscular e tónico, crescimento, eliminação, integração sensorial, ligações entre neurónios (a massagem promove e acelera o crescimento do revestimento de mielina) e consciência mental/corporal.

O Relaxamento pode ser demonstrado através de: melhoria nos padrões de sono, ajuda a normalizar o tónus muscular, aumento da flexibilidade, aumento dos mecanismos ambientais de coping, regulação dos estadios comportamentais, estar calmo, melhoria da capacidade de se acalmar (também conhecida como auto-regulação) redução dos níveis de stress e das hormonas de stress, níveis mais altos de relaxamento ou de hormonas anti-stress (como a ocitocina e a serotonia), redução dos níveis de hormonas do stress (como o cortisol e a noradrenalina), maiores níveis de dopamina, diminuição da hipersensibilidade ou menor hiperactividade.

A interacção inclui: promoção do “bonding”, promoção de uma vinculação segura, comunicação verbal e não verbal, tempo de qualidade para a família, competências comunicacionais pré-linguísticas, atenção unilateral, sentimento de respeito, o uso dos cinco sentidos, amor, tolerância, toque nutritivo, contacto precoce com ambos os pais, empatia e imitação.

A massagem pode ajudar a aliviar: gases e cólicas, obstipação, dores gastrointestinais (digestivas), muco em excesso, dores de crescimento, tensão muscular, desconforto dos dentes, desorganização do sistema nervoso, sensibilidade ao toque, tensão física e psicológica e amaciar a pele.